quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Livre-se dos surtos psicóticos



Vamos lá, o primeiro passo é admitir o erro. QUEM NUNCA passou por uma fase em que tudo o que se faz parece soar longe do normal? A gente acorda, escova os dentes, e está dada a larga para um dia inteiro de merdas a serem feitas. A causa (ou posso chamar de O causa?) pode variar de tipo, peso, e conversa mole, mas sempre existe um cafuçu para chamar de seu (enlouquecedor).

Se você acha que, se estivesse em Law and Order ganharia pena alternativa por ser considerada psicótica, senta e larga o rivotrill porque eu vou explicar cinco passos rápidos para reconquistar sua sanidade.

1- Repita comigo: "Je ne suis pas a stalker anymore"
Um dos maiores problemas da modernidade, pós-modernidade, hipermodernidade, ou qualquer cú que defina esses nossos tempos loucos, é a possibilidade de vigiar um ser (animado ou não) 24 horas por dia. Facebook, Twitter, Orkut (amiga se você ainda tá nessa tá sem sanidade mesmo), Blogs, You Tube, MSN, Skype, e tudo mais na internet é um perigo para que fiquemos sabendo de fatos que, com certeza, nos tirarão do sério. Desculpa, tudo mais não, pode ir para o Google + porque lá é um lugar seguro. Por enquanto. 
Enfim, esconda todas as atualizações dele. Se não tiver como só esconder, bloqueie. Pelo menos até você ter controle de novo da sua cabeça será necessário ficar sem o Feed da vida do cafuçu. Nós não queremos ser a Rose de Two and a Half Men, certo? CERTO? Ok.

2- Ele não é perfeito. Mesmo.
Toda vez que você lembrar de bons momentos junto dessa oferenda, pense "volta pro mar, diabo!". Ele não é a última cerveja do freezer, tem muitas outras por aí. Quando começar a fantasiar espanta essa nuvem com os piores defeitos do sujeito, e as maiores escrotices para com a sua pessoa. Nem adianta dizer que ele não faz nada errado porque você, com certeza, está sendo uma tapada. Concentra, se esforça, e pensa no quanto o jeito borracheiro dele irrita em determinadas situações, ou como você já passou vergonha na frente dos amigos com a frescura dele. Você consegue!

3- Occupy your mind
O pessoal em Wall Street não ocupou uma praça para lutar por um mundo melhor? Então! Ocupe a sua mente para ter uma vida mais digna. Foque no trabalho, nos estudos, e em tudo aquilo que você tem deixado de lado todos estes anos. Faz bem concretizar pequenos sonhos do cotidiano como fazer um curso legal, aprender um novo hobby, ou até mesmo arrumar o quarto, que a esta altura deve estar parecendo uma praça de guerra.

Você ainda pode colher bons frutos dessa dedicação como reconhecimento do seu chefe, aprender uma nova língua (sem pensar em safadeza galera), descobrir um talento e encontrar tudo aquilo que você não achava há um mês por causa da pilha de roupa suja.

4- Get drunk
Independente de qualquer coisa, sempre acho este um conselho legal. Beba com os amigos, saia para se divertir. Ajuda a ocupar a mente. De preferência fotografe esses momentos para ver mais tarde quando a tristeza bater. Sim, você tem uma vida feliz, apesar de não acreditar nisso o tempo todo. Você terá novas histórias engraçadas, novos bordões, novos amigos, novos tudo para contar na próxima vez em que aceitar este conselho de novo. Só não esqueça do Engov, um antes e um depois.

5- Considere os caras legais
Sempre tem um cara fofo que você meio que deixa de lado porque na verdade adora os desafios. Que tal dar umas férias para a conquista e para o esforço de agradar alguém? Aceite o convite desse rapaz, tenha uma noite agradável e você estará mais sã do que se estivesse na frente do computador. Agora, atenção, não estou empurrando ninguém para um Godzilla. Só estou dizendo que você pode dar uma chance para aquele cafuçu que não é bem o Ryan Gosling. Considere a inteligência e a delicadeza um pouquinho mais dessa vez.

Pode confiar nos passos, eles são constantemente testados por essa cobaia Pateta aqui, e comente sobre como você se saiu. Prezamos pelo feedback.

5 comentários:

  1. De todas as dicas, as duas últimas são bem eficazes, mas todas funcionam! Tbm já testei!

    ResponderExcluir
  2. Acho que de todas as dicas voces nunca acertaram TANTO quanto na primeira. A gente pode até fazer TODAS as outras, mas deixar de ser stalker é ~pré-requisito~ , perigas. Adoreei!

    ResponderExcluir
  3. Adorei! Postem mais, eu amo isso aqui!

    Ah, agora eu tenho um blog,deem uma olhada, acaba de nascer...
    E por gratidão, me sigam, pois eu fui a PRIMEIRA seguidora do Manual. rs
    Beijos

    http://diariodos20.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Perfeito! Adorei todas as dicas! Já comecei pelos com as dicas 1 e 2. Chegando no 3!

    Mais uma dica: Não pensar que os lugares em que vcs saiam são proibidos ou que são lugares ruins pq te fazem lembrar dele. São apenas lugares. Enfrente as lembranças! Crie novas!

    =)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...